CAIXA E GOVERNO FEDERAL DIVULGAM CALENDÁRIO DE PAGAMENTOS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL 2021

  • 31/03/2021

CAIXA E GOVERNO FEDERAL DIVULGAM CALENDÁRIO DE PAGAMENTOS DO AUXÍLIO EMERGENCIAL 2021

A CAIXA vai creditar os pagamentos do Auxílio Emergencial 2021 a partir do dia 6 de abril. O anúncio aconteceu nesta quarta-feira (31/03), em Brasília. O calendário de crédito em conta digital segue até o dia 22 de agosto.

Com a experiência do Auxílio Emergencial, criado pela Lei nº 13.982, de 2 de abril de 2020, e da extensão do Auxílio Emergencial (Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020), o calendário foi organizado para que o atendimento ocorra de forma ordenada e sem aglomeração. Os pagamentos serão escalonados, de acordo com o mês de nascimento do beneficiário, em ciclos de crédito em conta e saque em dinheiro. Para os beneficiários do Bolsa Família que receberão o auxílio, nada muda. Eles continuam a receber conforme o calendário habitual.


Reforço no atendimento

Para reforçar a rede de atendimento aos brasileiros, a CAIXA contratou 7,7 mil colaboradores para atuar nas mais de 4,2 mil agências em todo o país. O banco ainda intensificou os protocolos de combate à Covid-19 e vai reforçar a higienização e o distanciamento em suas unidades.


Calendário

O Auxílio Emergencial 2021 começará a ser pago no dia 6 de abril para os brasileiros nascidos em janeiro e os demais beneficiários receberão conforme abaixo.

O primeiro pagamento do Auxílio Emergencial 2021 para os beneficiários do Bolsa Família será no dia 16 de abril.

O calendário completo está disponível em auxilio.caixa.gov.br.


CAIXA Tem

A conta Poupança Social Digital é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de até R$ 5 mil. A movimentação do valor dos benefícios pode ser realizada por meio digital com o uso do aplicativo CAIXA Tem. Atualmente, 75% das movimentações da conta Poupança Social Digital são feitas de maneira digital, por meio do CAIXA Tem.

Pelo aplicativo, é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code.

O trabalhador também pode pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas pela opção “Pagar na Lotérica”.

A partir da data de disponibilização dos recursos para saque ou transferência, também de acordo com o mês de nascimento, os beneficiários poderão transferir os recursos para contas em qualquer banco, sem custo, ou realizar o saque em terminais de autoatendimento e casas lotéricas.


Quem terá direito ao Auxílio Emergencial em 2021

Pelas novas regras, estabelecidas pela Medida Provisória 1.039/2021, o Auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não haverá nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. A família receberá o benefício com maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa, seja o valor do Auxílio Emergencial.

O valor médio do benefício será de R$ 250, variando de R$ 150 a R$ 375, a depender do perfil do beneficiário e da composição de cada família.

  • §As famílias, em geral, vão receber R$ 250;
  • §A família monoparental, chefiada por uma mulher, vai receber R$ 375;
  • §Pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150.

Como o cidadão pode saber se foi aprovado para receber o Auxílio Emergencial

A Dataprev realizará o cruzamento dos dados das pessoas cadastradas no grupo de beneficiários com os critérios do novo programa. A partir do dia 2 de abril, os cidadãos poderão verificar o resultado do processamento através do endereço auxilio.caixa.gov.br ou central 111. 


FONTE: Assessoria de Imprensa da CAIXA


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes